sexta-feira, julho 31, 2009

Dia 20

Hoje deixo aqui reflexões de quem não tem nada para fazer.
Na transferência ocorreu um pequeno impasse logo resolvido com uma pergunta e uma resposta:
- tem útero retrovertido?
- sim
Estava difícil de ver na eco onde estava localizado o catéter e voilá com uma simples resposta o Dr. deu-lhe um jeitinho e acertou à primeira.
Eu estava receosa com a transferência exactamente por este motivo, se o meu útero não é "normal" e se me calha a Dra que não usa ecografia como vai ser?
Pensei logo em meter a boca no trombone se fosse ela, mas tive sorte.
Como é que se pode fazer uma transferência sem garantir que vai correr bem? Evitando ao máximo que os embriões fiquem mal colocados ou quem sabe venham a dar origem a uma ectópica?
Não encontrei resposta.
Tenho descansado muito, lido imenso. Na 4ª terminei o 1º volume dos Pilares da terra, mas como o 2º volume é muito pesado iniciei os Anjos e demónios do Dan Brown... mortinha para o acabar e não porque queira saber o final..., mas para arrumar o assunto mesmo.
Tenho recebido muito mimo, muita gente a rezar, a fazer figas, a enviar energias, a enviar sms e a telefonar para dar apoio.
Ontem na transferência esperei 40 minutos, ali...a olhar para o tecto, para dentro, e para o relógio.
Sem me ter apercebido como vi a cara de muita gente: a minha família que sabe o que se está a passar, os amigos que me apoiam, as amigas de vários lanches que torcem por mim...
A enfermeira disse que tinha de ter pensamentos positivos e mandar boas energias aos meus bebés, e foi o que fiz, mandei as minhas e enchi-me dessas recordações e desses apoios de tanta gente e ofereci-os também.
Claro que também rezei, agradeci tanto que tenho recebido e fiz um pequenino pedido, afinal aquilo que na natureza é tão natural: um filho.

3 comentários:

Sem Desistir disse...

Ai amiga, se eu tivesse o dom de te permitir esse desejo, seria para já:) Vai correr tudo bem, tenho Fé que sim.
bjos

Paula F M disse...

:) sempre :) muitos :) para que continues :)
Bjinhos *

bolinha de sabão disse...

Ácreditar é o primeiro passo!***