sexta-feira, julho 24, 2009

Dia 13

Afinal ter chegado às 7.30 não me adiantou de nada, só às 9 fui vista.
E pelas duas médicas afinal o meu caso é completamente atípico.

As palavras foram: vamos tentar aproveitar estes 5.
Eu: aproveitar soa-me bem
Dra1: soa não soa?
Dra2: pudera, depois de ontem...

Então eis o que temos:

OD: 12/13/13/30
OE: 14/16/16/18/18/19/23/24
Líquido no OD

Claro que me perguntaram logo por dores, sintomas adversos, falta de ar.
A única coisa que tive ontem foi dores nos dois ovários, umas picadas fortes mas que vão e voltam, nada como da hiperestimulação, mas mais do que tem sido hábito.
Mas para a dose que tenho tomado e a quantidade de dias acho que estou muito bem.

Punção na 2ª feira às 8, hoje ainda tomo orgalutran e 50 de puregon, amanhã orgalutran e ovitrelle.

Então depois de todo o stress do Pregnyl ter esgotado, de ter conseguido arranjar (o meu bem haja à ajuda de uma amiguinha) eis que não o vou usar? Tsssss
A vantagem é que é subcutânea e por isso não tenho de ir aos enfermeiros.

Estou muito mais calma.

Agora a parte "parva", sou muito supersticiosa com as minhas datas, mas nos tratamentos tem acontecido ter más notícias nos dias das datas que me são queridas.
Assim não queria nem por nada fazer a punção no domingo, dia de anos da minha mãe, ainda para mais porque a beta seria adiada para dia 10, mas como o 14º dia seria a 9 (dia em que faço 7 anos de namoro) lá iria eu comprar um teste na farmácia.
Assim, tenho a punção a 27, com beta a 10 e ida às urgências para saber o resultado.

Começo a convencer-me que este pode ser o tratamento, pelo menos tem muita coisa para contar.
Os meus amigos gozam-me com as peripécias que ao longo dos anos me acontecem, quem sabe se não terei aqui uma bonita história para contar?

Continuem a torcer por mim.

1 comentário:

Paula F M disse...

:)
:)
:)
Bjinhos *