quarta-feira, maio 30, 2007

Vira o disco e toca o mesmo

Lembram-se dos discos de vinil?

Quando se gostava, tocava e virava-se, voltava a tocar e virava-se...


Saí há 3 anos de Lisboa para vir morar para o Porto com o meu marido, deixei para trás família, amigos e o emprego.
Encontro-me a trabalhar na mesma área e foi desse modo que consegui a minha transferência.
Ontem chego ao trabalho cedinho, e ia a pensar onde estava eu há 3 anos...
Fiz o ponto de situação destes 3 anitos, gostei do balanço.
A minha chefe chega e diz que vamos ser integrados no meu antigo serviço.
À distância irei voltar a trabalhar com as minhas ex-colegas com as quais nunca perdi o contacto, mas agora seremos de novo "colegas".
A vida continua a pôr-nos à prova a cada dia que passa, nunca digam que não vão voltar, nunca fechem portas, o disco vira mais vezes do que nós podemos imaginar.


Há 6 anos se me dissessem: vais morar para o Porto, ter-me-ia rido.
Há 3 se me dissessem: vamos voltar a ser colegas, teria sorrido.


Agora só penso tudo é possível, o disco dá muitas voltas e isto aplica-se em cada bocadinho das nossas vidas.

6 comentários:

IC disse...

é bem verdade!
é como uma roda, umas vezes em cima outras em baixo.
beijinhos

MIcas disse...

Nada mais verdadeiro!!

Dá taaaaantas voltas a nossa vidinha!! E olha...os discos de vinil tinham muita piada, e quando nós queríamos ouvir apenas a 3ªfaixa?? Para colocar a agulha no sitio certo...era uma "guerra"!! :-)

Beijinhos,
Inês

Cresce barriguita...cresce!!! disse...

è verdadde amiga..nunca fechem uma porta totalmente...podemos ter de voltar a entrar"!!!!
Ainda bem que o balanço foi positivo amiga, Haja coisas boas e positivas +para animar a vida1!!
Beijinhos carinhosos
P.s. tens andado tão ocupada que sinto falta das nossas conversas diárias no msn.ehhehe

Camy disse...

A vida dá muitas voltas, muitas que muitas vezes questiona-mos como é possivel?
Muita boa sorte.
Bom fim de semana.

Beijos

Camy

Paula Santos disse...

Também concordo, a vida dá tantas voltas.
Beijinhos e bom fim de semana.
Paula Santos

Barriguitas disse...

Que saudades dos tempos do vinil...a vida dá realmente muitas voltas.

Bjocas.