quarta-feira, dezembro 22, 2010

- 10 - cabeça de gente doida

Hoje fui buscar o carro do marido que estava na revisão e lembrei-me: no ano passado uma amiga mandou-me um presentinho neste dia.
Cheguei a casa a pensar no presente, e que era bom não sair de casa porque o carteiro podia chegar....fui só mudar de roupa e tlimtlom...era um presentinho, um presépio muito bonito, obrigada amiga.

Uma horita depois toca o telefone, um número familiar mas não identifiquei logo...serviço de adopções.
Se estava no Porto, se podia ir lá...
Ai coraçãozito maluco aos saltos, e cabeça doida em parafuso (agora? logo agora que vou começar tratamento? algum juíz que deu setença para adopção? alguma criança a quem têm de arranjar casa até ao natal? mas eu só tenho 2 anos de lista de espera... que problema terá a criança)
E nestes 2 segundos oiço: já fez dois anos o vosso processo e têm de vir cá para actualizar os dados.
A queda de pára-quedas (já experimentei) não é tão rápida quanto a que eu tive.
Então as senhoras têm objectivos para cumprir...e eu férias para gozar...
Ficámos de lá ir em Janeiro.

Quero desejar a todos um santo Natal, na companhia de todos os que mais amam, que seja um momento de partilha, convívio e muita saúde.

1 comentário:

Marina* disse...

Feliz Natal querida, um grande abraço beijos ;)