domingo, agosto 09, 2009

Sete anos

Há sete anos estava um dia muito quente. Encontrava-me de férias e um amigo do Porto que já vinha a visitar-me há alguns meses estava prestes a chegar.
Recordei as palavras da minha mãe: tu tem juízo o rapaz é de tão longe, vê lá onde te metes que ainda vais parar ao Porto.
Ao Porto? Detesto aquela cidade, fique descansada que isso não vai acontecer...Além disso é só um amigo...
Nesse dia o amigo e eu beijámo-nos e ele perguntou se me podia chamar de namorada, não teria sido grave se eu não tivesse respondido que sim... Mas respondi.
É um dia que recordo com carinho, ou melhor umas horas, porque seriam perto das 10 da noite quando chegou a minha casa:))))
Nunca pensei no que essa aceitação da minha parte iria dar resultado, mas eis que em menos de dois anos viria morar para o Porto.
Não têm sido anos fáceis, desde que começámos a namorar que uma série de problemas surgiram na nossa vida, principalmente de saúde.
No entanto como dois touros que somos temos contornado a situação, porque o amor que nos une é mais forte.
Hoje gostava de lhe oferecer um presente único, mas o raio da 2ª risquinha não aparece de jeito nenhum... Aguardemos por amanhã.
Há quem receie muito este número mágico... a crise dos 7 anos... Bem eu estou mortinha para completar os 7 anos e fechar um círculo de más surpresas, possam as coisas boas que tanto merecemos começar a chegar pois estamos de braços abertos à espera.
Hoje quero ir almoçar fora e ver o mar, celebrar este namoro que espero que continue por muitos anos.

4 comentários:

Paula F M disse...

:) + :) + :) + :) + :) + :) + :) = :D :D :D !

Bjinhos *

Sem Desistir disse...

Parabéns!!
É sem dúvida uma data a assinalar e de comemoração:)
Amanhã, abrirão o champanhe!!
Desejo-te muitas Felicidades para a manhã!!
bjos

Su disse...

Parabéns:))))
Desejo-vos muitos anos de felicidade e de união! E que juntos possam fazer deste mundo um mundo melhor!
Jinhos***

bolinha de sabão disse...

Também nós começamos a namorar por esta altura - no Verão quente de 2003 - também nós não acreditavamos que ia dar em casamento e também nós pouco tempo depois estavamos a viver juntos.
Foi "tiro e queda"! LOL
Mas no nosso caso foi ele que mudou de cidade ;)))
Muitos Parabéns***