terça-feira, agosto 11, 2009

O rescaldo

Olá a todos,

Sou uma pessoa que não consegue estar parada, principalmente com a cabeça parada.
Estou sempre a pensar e preciso de organizar ideias, se acontecer isto faço aquilo se não faço isto.
Não consigo ficar parada a ver a vida acontecer sentindo que não a domino, que não tenho voto na matéria.

Pode tudo falhar, mas saberei que reflecti sobre todas as hipóteses e que as decisões tomadas foram as correctas.
Se falhou era porque não dependia de mim.

Este foi o tratamento em que mais acreditei.
Correu tão mal, mas tão mal, desgastou-me tanto, que a partir do momento em que acreditei foi até ao fim. Mesmo vendo a médica de folha na mão e olhar triste, ainda acreditei que podia ser por outro motivo.
Ela não me disse que era negativo, limitou-se a encolher os ombros, ao que eu disse: é negativo, e ela respondeu: é!
Confessou que quando soube que eram dois embriões também acreditou.

Toda a gente acreditou, eu mais que ninguém e não me arrependo.
Não houve pensamentos nem energias negativas cá para estes lados, se não resultou foi por algum motivo que decididamente ultrapassou tudo e todos.

Estou muito cansada, parece que vou rebentar.
Em Novembro ficava revoltada por cada injecção, por cada exame..”que fiz eu para merecer isto”.
Neste encontrei uma calma inesperada.
Consegui ir buscar forças em cada pessoa que me desejou boa sorte, fortaleci-me com a força dos outros e acreditei.

Sou optimista por natureza e nunca pensei passar por 5 ICSI´s, uma cancelada, duas que terminaram na punção e apenas duas transferências.

Mas por outro lado sei que cheguei onde nunca pensei, e não posso parar agora. Não o posso fazer enquanto não tentar as outras hipóteses…o complicado é já estar com a técnica mais avançada de todas…é ter feito 5 tratamentos em dois anos e a vida ter continuado a rolar e como digo: a infertilidade não é o meu maior problema, é mais um apenas.

Tenho de recuperar e pensar que estou um pouco em contra-relógio, e por isso defini um plano.
Os planos como todos sabem servem para ser desfeitos, mas aqui está ele:

Programa das festas para ser mãe:

1 – Natural com controlo de ovulação até novo tratamento
2 – Com os meus óvulos:
- pedir opinião ao Dr. Pedro Xavier, ver se consigo tentar o S. João, se for viável terei tratamento lá para finais de 2010. Como os tratamentos lá é um por ano, em 2011 terei 38 anos e terei alta
- pedir opinião ao Dr. AB, se for viável tento arriscar em finais de 2009
3 – Com doação, AB, quando for possível
4 – Adopção, alargar idade de criança ou adoptar irmãos. Esta opção só será feita quando esgotadas todas as outras.


A passagem para cada um dos pontos seguintes é feita se as anteriores falharem.
Portanto teremos: até ao final do ano respostas quanto ao caminho a seguir e um tratamento encaminhado no AB.
Se me inscrever no S. João poderei fazer um tratamento em 2010 (lá ou encaminhada para o privado).
Finais de 2010 se nada tiver acontecido rever o processo de adopção.
A partir deste ciclo que se vai iniciar e em todos os intervalos entre tratamentos, “coito programado”.

Amanhã vou pedir o meu processo, preciso dele para levar aos dois médicos, e se for caso de tentar o S. João preciso dele para o meu médico de família fazer o pedido.
Não sei se se recordam, mas há cerca dum ano e prestes a terminar os meus tratamentos no Santo António pedi ao médico de família que me reencaminhasse para o S. João. Respondeu-me que só o faria quando tivesse alta e mediante o meu relatório.

Está a incomodar-me o facto de ir fazer o pedido de relatório em período de férias, não sei bem quem o vai fazer, nem que informação irá constar e muito menos quanto tempo irá demorar…

Mas um passo de cada vez e um dia de cada vez.

Quero agradecer todo o apoio manifestado quer na net, quer por sms ou telefonemas.
Apenas atendi a chamada de uma amiga, e como não me consegui conter não atendi mais nenhuma.
Preciso de me reforçar um bocadinho antes de conseguir falar, e sem ficar com a voz embargada com as lágrimas.

O testamento vai longo, mas por esta via pode-se escrever, parar, limpar os olhos e retomar;)

Beijinhos

17 comentários:

Sem Desistir disse...

Não consegui ligar-te, exactamente pelo motivo que referes...temos de nos dar tempo até definir novas estratégias. Fico feliz por já teres organizado ideias e não ficares de braços cruzados. É assim mesmo:) Bola pra frente!!
Penso que os passos a dar são os mais acertados.
Há que manter a Esperança, SEMPRE!
bjos

bolinha de sabão disse...

Que mais oposso eu dizer?
BOLA PRA FRENTE!!! LOL
Beijinhos sempre doces***

Pensamentos e Cª disse...

É assim mesmo :-))

Lina disse...

Ola
Encontrei hoje o teu blog e resolvi deixar te aqui 2 palavras.
Coragem para aceitar e muita força para recomeçar!!
Desejo te toda a sorte do mundo.
1 Grande beijinho.

Maruja disse...

Amiga, se eu sou lutadora, tu es ainda mais!!! Eu nao consigo esquematizar tao bem os meus proximos passos...quem me dera!
Fico super satisfeita com o teu estado de espirito e ver que ja estas a andar para a frente!
Desejo que as melhores portas se abram para ti o quanto antes!!
Primeiro passo, toca a namorar!!!!

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

um beijinho enorme.
avalon

Anónimo disse...

credo tantas vezes!!!por favor apaga, foi sem querer

Anónimo disse...

credo tantas vezes!!!por favor apaga, foi sem querer

Anónimo disse...

credo tantas vezes!!!por favor apaga, foi sem querer